logo misa

Promovendo a Liberdade de Expressão na África Austral

Jeremias Langa

O presidente do Conselho Nacional Governativo (CGN) do MISA Moçambique, Jeremias Langa, acaba de ser indicado membro e vice-presidente do Conselho Governativo do Instituto de Comunicação Social da África Austral (MISA Regional). Na nota sobre a indicação, o Conselho Governativo Regional destaca, entre outros, a experiência e a liderança de Jeremias Langa para o engrandecimento do MISA.

A decisão, anunciada esta terça-feira, 19 de Março, foi tomada no passado dia 8, pelos membros do Conselho Regional Governativo do Instituto de Comunicação Social da África Austral, baseado em Harare, Zimbábwe. Na nota do anúncio da indicação, o Conselho Governativo Regional do MISA destaca a liderança do presidente do CGN do MISA Moçambique para o engrandecimento do órgão regional.

“Os nossos parabéns! Aguardamos, com expectativa, a sua experiência, liderança e sábios conselhos para o executivo e para o próprio CGR (Conselho Governativo Regional), em geral”, lê-se no documento. Por sua vez, Jeremias Langa considera a decisão como o reconhecimento do trabalho que vem sendo desenvolvido por toda a equipa do MISA Moçambique. “A nossa indicação para esta posição é o reconhecimento do trabalho que está a ser feito por toda a equipa do MISA Moçambique, no contexto dos desafios que se colocam, na região, para a defesa das liberdades de expressão e de imprensa”, afirmou.

Jeremias Langa junta-se a uma equipa composta por Golden Maunganidze, presidente do Conselho Nacional Governativo do MISA Regional, e a Salome Kitomari, presidente do MISA Tanzânia, que desempenha as funções de tesoureira no órgão regional. Langa substitui, do cargo, o antigo presidente do MISA Lesotho, que desempenhou as funções de vice-presidente do Conselho Governativo do MISA Regional até 2022.

Com sede no Zimbabwe, o MISA é uma organização regional não governamental com representação em oito países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), incluindo Moçambique – trata-se dos chamados Capítulos Nacionais do Instituto de Comunicação Social da África Austral, como é o caso do MISA Moçambique. Oficialmente lançado em Setembro de 1992, o MISA centra-se, principalmente, na promoção de um sector de media livre, independente e pluralista, tal como previsto na declaração de Whindoek de 1991. Trata-se de uma prioridade que também orienta a actuação dos Capítulos Nacionais do Instituto de Comunicação Social da África Austral (MISA), incluindo o MISA Moçambique.

Maputo, aos 20 de Março de 2024

Com o apoio de:

igual partnercesc partnercesc partnercesc partnercesc partnercesc partner